Coronavirus: como virar a dificuldade ao seu favor?

As oportunidades surgem em épocas de crise. No mundo profissional e dos negócios ainda mais.

Dificuldades são sinônimo de oportunidades. Pelo menos foi assim que a Leidiane Gorge, Coordenadora de Recrutamento da Agilidade Gestão de Pessoas e soluções em RH, encarou os desafios impostos pelo coronavirus.

Leidiane lidera atualmente um time de quatro pessoas, mas já chegou a comandar sete. Os processos seletivos já foram de minúsculos, partindo de uma vaga, para grandes processos seletivos, com até 600 vagas e respondendo por mais de 50 empresas simultaneamente.

O coronavirus não está nem perto de dar tchau, mas muita gente já entendeu que existem pelo menos dois caminhos para se escolher frente ao problema: reclamar ou se reinventar. Como uma boa líder, Leidiane escolheu a segunda opção e está aproveitando o tempo disponível e de calmaria para organizar os planos para o futuro e construir um time campeão e pronto para içar velas. “Devemos estar realmente preparados para sair dessa zona de conforto, evoluir, aprender com tudo isso, para que a hora que as coisas voltem ao normal a gente esteja preparado para fazer ainda melhor, diferente e com mais qualidade”, afirmou Leidiane.

Futuro

A novidade da vez é que na última terça-feira (14) a líder implementou metas para a equipe, possibilitando a valorização do colaborador e o aperfeiçoamento profissional de sua equipe. “Precisávamos pensar em uma forma de realmente fazer a diferença neste momento de dificuldade para as empresas e colaboradores”, completou.

Anteriormente o setor não contava com um sistema de metas, o que não possibilitava as medições referente à qualidade dos processos seletivos. “Um dos tópicos que vamos levar em consideração nas metas é a qualidade. Não é de hoje que a qualidade é o nosso objetivo, nós já vínhamos buscando processos com mais qualidade, qualidade na entrega, no resultado. Então eu acredito que o impacto de implementar metas no setor será positivo, pois cada vez mais o mercado pede que façamos mais e melhor”, concluiu Leidiane.

A Agilidade espera que com as metas os processos seletivos aconteçam de forma mais assertiva, evitar retrabalhos e proporcionar aos candidatos processos ágeis e eficazes. Além disso, proporcionar às empresas parceiras mais agilidade nos processos seletivos, disponibilizando colaboradores mais capacitados e adaptados aos cargos que foram contratados.

Recommended Posts