Como se Comportar durante uma Entrevista de Emprego e aumentar suas chances

Para entender a questão…

Ter um emprego, uma função que o faça sentir-se útil, capaz de prover-lhe o sustento, é sem dúvida uma coisa da maior importância para quase todas as pessoas do mundo. Se você está se preparando para enfrentar uma entrevista de emprego de olho numa vaga de emprego, deverá sentir-se confiante, ou pelo menos demonstrar que o está. E para que isso seja possível é preciso seguir algumas dicas, condições capazes de impressionar seu recrutador, e ao mesmo tempo aumentar sua autoconfiança.

Algumas pessoas ficam estressadas quando estão às vésperas de um evento como esse. Tente manter manter a cabeça fria.

Caso precise fazer apresentações, pratique bastante diante do espelho ou diante dos seus colegas, ou ainda com parentes mais próximos. O sentimento de estar bem preparado vai reduzir sensivelmente o nível de stress.

Vista roupas simples e casuais. Nada de exageros; nada de roupas que você não usaria em ocasiões normais. E, nessa hora, evite a clássica combinação Camiseta e Jeans.

Durma cedo para acordar cedo e bem descansado. Planeje seu deslocamento para local de modo a estar presente cerca de 20 minutos antes da hora marcada.

Depois disso, relaxe respirando longamente e pausadamente; revise suas anotações e pensamentos, vá ao banheiro e lave o rosto. Finalmente, dê um último retoque na aparência e vá em frente.

Para ajudar durante o processo da entrevista de emprego, siga, ou pelo menos tente seguir, as sugestões a seguir.

    1. Enquanto estiver diante do entrevistador(a), dirija-se sempre ao mesmo pelo seu nome. Nada soa melhor aos nossos ouvidos que nosso nome. Se tem dúvidas quanto a maneira correta de pronunciar o mesmo, peça a seu interlocutor para repetí-lo. Melhor ainda, antes de entrar na sala de entrevistas, verifique mais uma vez com a recepcionista ou secretária para não ficar com dúvidas.
    2. O contato olho no olho é de fundamental importância enquanto estiver respondendo às questões levantadas. Isso demonstra confiança em si e determinação.
    3. Não esqueça da cópia extra do currículo e caneta, afinal de contas é melhor pecar pelo excesso do que pela falta.
    4. Quando, se, ele(a) disser: “Fale-me sobre você”, seja simples e objetivo. Concentre a resposta em pontos importantes tais como sua experiência profissional e nível de escolaridade, assim como itens relevantes sobre suas qualificações e treinamento.
    5. Fale à vontade sobre suas qualificações e realizações profissionais. Por exemplo, fale dos resultados dos seus projetos; das vendas realizadas; dos benefícios obtidos graças a sua interferência em qualquer área onde tenha atuado, e assim por diante.
    6. Demonstre interesse e entusiasmo desde o primeiro momento. Isso pode ser evidenciado através da sua fluência verbal, serenidade ao expor as ideias, gestos e colocações indiretas.
    7. Responda às questões sempre enfatizando os pontos pertinentes à situação do cargo que deseja ocupar. Deixe claro e ressalte aquilo que você deseja e o que pode fazer pela empresa.
    8. Enquanto estiver respondendo qualquer coisa, tente dar um exemplo para ilustrar melhor sua resposta; use de analogias. Isso passa ao recrutador(a) uma excepcional boa impressão, e ainda realça sua capacidade de improvisação.
    9. Pense sempre de forma positiva enquanto responde.
    10. Jamais minta ao entrevistador(a). Você pode até omitir informações, mas evite mentir. Esse é um dos erros mais graves e estúpido, e também o de maior frequência entre os candidatos. Lembre-se, você está diante de um(a) especialista em descobrir coisas, especialmente se você é do tipo honesto ou astucioso. As empresas preferem os candidatos honestos e rejeitam os astuciosos, mesmo que sejam mais habilidosos que o primeiro tipo. O entrevistador(a) é capaz de perceber claramente uma mentira que de outro modo nem seria notada. Tenha em mente que, ele(a) tem como lastro centenas e mais centenas de entrevistados que já passaram pelo seu crivo, e sua experiência nesse aspecto não se compara com a sua. Sendo verdadeiro você terá maiores chances de conquistar a tão sonhada vaga. 
    11. Você pode, sem problemas, falar dos seus pontos fracos e fortes, mas, com cautela. Quando ele(a) questionar quais são seus pontos fracos e fortes, responda sem hesitação. Evidentemente não precisa dizer quais são todas as suas fraquezas; já dos pontos fortes, use mas não abuse…
    12. Nunca discuta pontos de vista com o entrevistador(a). Lembre-se de que você não está ali para participar de uma mesa redonda sobre futebol ou política a exemplo do que costuma fazer com os amigos. Ao invés disso, com tato e diplomacia, tente mostrar ao seu interlocutor(a) sua posição sobre um assunto, de modo gentil, com classe, com precisão, com exemplos claros, referências conhecidas para ilustrar a situação, sem cair na armadilha do debate desnecessário. Ele(a) pode apenas estar testando seu temperamento e nível de controle emocional, para avaliar como você iria lidar em situações de stress dentro da empresa. Entrevistadores podem levar em conta pequenos detalhes como argumentos que irão decidir sua contratação. Assim, seja paciente e não entre em bate bocas sob nenhuma circunstância, nem mesmo sob provocação.

Por último, entenda que ninguém é perfeito, nem você, nem o mais competente profissional da face da terra; todos ainda estão em processo de aprendizado, e o que, nesse momento, separa você do profissional que o avalia é apenas o tempo de estrada, e não um atributo extraordinário qualquer impossível de ser alcançado.

Finalmente, respire fundo pelo nariz, retenha o ar nos pulmões por cinco segundos. Repita o procedimento por cinco vezes e isso vai ajudar no controle de suas emoções e ventilação pulmonar, eliminando também a tensão sobre os ombros e pescoço. Isso vai impedir que perca o fôlego ou embargue a voz, caso, eventualmente, sinta-se inseguro durante o andamento da entrevista de emprego.

Por Alberto J. Grimm

Recommended Posts